Teste Pré-Natal Neobona


Mais rápido, fiável e preciso, além de mais económico

A nova geração de diagnóstico prenatal não invasivo

NeoBona introduz uma nova tecnología que aumenta a sensibilidade e permite analisar amostras com fracções fetais mais baixas, o que se traduz numa redução significativa de casos sem resultado para o teste.

Diagnóstico
O neoBona detecta possíveis alterações cromossómicas no futuro bebé utilizando a tecnologia mais avançada, não invasiva e sem apresentar qualquer risco.

Resultado
Cerca de 1% dos fetos podem apresentar um tipo de anomalia cromossómica. O neoBona é o teste pré­natal não invasivo de nova geração.

O que é o neoBona?
A nova geração do teste Pré­natal Não Invasivo

Mais FIÁVEL
Graças à tecnologia de última geração.

Mais RÁPIDO
Resultados numa semana.

Mais PRECISO
Sensibilidade superior a 99%.

Totalmente SEGURO
Sem risco para a mãe ou para o feto.

Muito SIMPLES
Apenas precisa de uma pequena amostra de sangue materno.

Máxima EXPERIÊNCIA

Detecta Anomalias
Detecta as anomalias cromossómicas mais frequentes na gravidez através do estudo do ADN do feto presente no sangue materno.

Integra a tecnologia mais avançada
O neoBona integra a tecnologia de sequenciação paired-end da Illumina, líder mundial na sequenciação de ADN, que garante maior precisão e sensibilidade comparando com a sequenciação convencional.

Precisão de análise
O teste analisa a quantidade de ADN do feto presente no sangue da mãe (determinação da fracção fetal), o que permite aumentar a precisão da análise.

Estou grávida, posso fazer o neoBona?
Está indicado a partir da 10a semana de gestação.
Pode ser efectuado em casos de reprodução assistida, incluindo FIV com doação de óvulos.
Pode ser efectuado em gestações gemelares.
O neoBona é um teste genético de rastreio e, como tal, deve ser prescrito pelo seu médico.

Porque escolher o neoBona?

CERTEZA
O neoBona proporciona uma maior certeza na gravidez pela capacidade de detecção precoce de anomalias cromossómicas no feto, sem risco para a mãe nem para o futuro bebé.

ACONSELHAMENTO PROFISSIONAL
O neoBona é o único teste pré­natal disponível que conta com o apoio de uma vasta equipa com mais de 600 profissionais médicos e especialistas em genética , à sua disposição para lhe oferecer o aconselhamento mais completo.

TECNOLOGIA DE PONTA
Tecnologia desenvolvida pela ILLUMINA integra tecnologias de última geração de testes pré­natais não invasivos, incorporando a determinação da fracção fetal para uma maior precisão dos resultados.

FRACÇÃO FETAL
Ao contrário de outros testes pré­natais, o neoBona avalia a presença de ADN fetal presente no sangue da mãe, o que permite aumentar a precisão da análise.

MÁXIMA PRECISÃO
O rastreio convencional do primeiro trimestre consiste numa análise e numa ecografia e inclui um índice estatístico do risco, menos fiável do que o neoBona, pois este baseia-se no estudo do ADN fetal.

MÁXIMA SENSIBILIDADE
A sensibilidade do rastreio convencional é de 90%, o que significa que, em cada 100 fetos com Síndrome de Down, este tipo de rastreio não iria detetar 10 casos. A sensibilidade do neoBona é superior a 99%, o que significa que detectaria todos os casos de Síndrome de Down.

MÁXIMA ESPECIFICIDADE
A especificidade do rastreio convencional é de 95%, aceitando 5% de falsos positivos, o que significa que, em cada 100 fetos saudáveis, 5 são classificados como positivos e são submetidos a procedimentos invasivos, como amniocentese, que podem colocar a mãe e o feto em risco.
A máxima especificidade do neoBona permite reduzir o número de falsos positivos do rastreio convencional até praticamente zero (< 0,1% ), evitando um elevado número de procedimentos invasivos desnecessários.

Que tipo de anomalias cromossómicas detecta?

1. Trissomias mais frequentes
Uma trissomia corresponde à presença de três cópias de um cromossoma em vez das duas habituais.

O neoBona detecta as seguintes trissomias:
Trissomia 21 ou Síndrome de Down, é a mais frequente.
Trissomia 18 ou Síndrome de Edwards, apresenta um elevado índice de aborto espontâneo. Anomalia cromossómica incompatível com a vida.
Trissomia 13 ou Síndrome de Patau, está relacionada com um elevado índice de aborto espontâneo. Anomalia cromossómica incompatível com a vida.

2. Alterações dos cromossomas sexuais
O neoBona detecta as alterações no número de cromossomas sexuais, entre elas:
Síndrome de Turner (45,X), ausência de um cromossoma X nas mulheres.
Síndrome de Klinefelter (47,XXY), presença de uma cópia extra do cromossoma X nos homens.

3. Microdeleções e outras trissomias
Opcionalmente, disponibiliza-se a análise de pequenas alterações nos cromossomas, chamadas microdeleções, assim como as trissomias nos cromossomas 16 e 9.







View Larger Map